“O VAR tira adrenalina da comemoração, mas é necessário”, admite Suárez

Neste domingo, o Barcelona não tomou conhecimento do recém-promovido Huesca e aplicou uma sonora goleada por 8 a 2, válida pela terceira rodada do Campeonato Espanhol. Além da grande atuação, o triunfo marcou o reencontro de Luis Suárez com as redes, já que o atacante uruguaio marcou dois gols, sendo um deles alvo de revisão do árbitro de vídeo (VAR).

Após a partida, Suárez foi questionado sobre o efeito do recurso no futebol espanhol, que passou a adotá-lo nesta temporada, e se mostrou a favor da utilização. Porém, ponderou que a revisão tira parte da adrenalina da comemoração.

“O VAR acaba tirando a adrenalina que existe entorno da comemoração do gol, porque é retirado aquele momento inigualável para que a jogada seja revista. Mas está claro que é algo necessário e está sendo benéfico até agora”, ressaltou Suárez, que teve um de seus gols alvo do VAR para a confirmação da situação da bola no momento do cruzamento de Jordi Alba, se estava dentro ou fora do campo.

Os três pontos conquistados neste domingo também mantiveram o Barcelona invicto no Espanhol, com nove pontos ganhos nos três primeiros jogos. A manutenção dos triunfos, assim como a regularidade dentro da partida, foram temas que o centroavante uruguaio alertou para serem trabalhados pela equipe comandada por Ernesto Valverde.

“Acredito que nos acomodamos assim que eu marquei o primeiro gol e abri o placar. Ficamos dormindo, mas tivemos qualidade, dedicação e tranquilidade para reagir e buscar um resultado que acabou elástico. Foi um grande jogo coletivo, porque tivemos uma boa dinâmica”, disse o atacante.

“O Espanhol é uma competição difícil e perder pontos nas primeiras rodadas podem tornar a busca pelo título mais difícil. É importante que tenhamos somado os nove pontos disputados, porque estamos pegando ritmo do começo de temporada, ainda não estamos no nosso ideal”, afirmou Suárez.

Gazeta Esportiva

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.