"Chance de Ceni ficar caso Fortaleza não suba é praticamente zero", diz Marcelo Paz

Foto: Mateus Dantas
A campanha do Fortaleza na Série B do Brasileiro chama atenção. São 20 rodadas consecutivas na liderança (e mais outras duas alternadas), uma diferença de 6 pontos para o vice-líder, CSA, e de 9 pontos para o 5º colocado, Guarani. O único aproveitamento acima de 60% da competição (63,9%). Muito disso é creditado ao trabalho do técnico Rogério Ceni, que driblou a desconfiança da torcida após a perda do Campeonato Cearense e hoje é incontestável no cargo de técnico do Leão.

A 14 rodadas do fim da Segundona e com o Tricolor bem perto do acesso, alguns já questionam sobre a permanência ou não de Ceni para a temporada 2019. Em entrevista exclusiva ao programa Futebol do Povo, da TV O POVO, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, comentou sobre o assunto e afirmou que estar na Série A é condição primordial para que o ex-goleiro dê sequência ao trabalho que realiza hoje no Pici.

"Uma possível permanência do Rogério passa muito pelo acesso. Se o o Fortaleza subir, tem possibilidades de ficar, mas se não subir, acho que é praticamente zero. Então a gente tem que trabalhar pelo acesso", disse Paz. 

Quando anunciado como técnico do clube, Ceni afirmou que vinha para ficar um ano e na época não quis falar sobre possibilidade de renovação por ser cedo demais. O vínculo dele com o Fortaleza vai até dezembro deste ano. 

O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.