Sobralense faz sucesso com restaurante conhecido na capital cearense

Foto: Vós 

Nascido e criado em Sobral, viu o mar pela primeira vez aos 18 anos quando pegava o ônibus na Praça da Estação para ir embora do Ceará. O verdadeiro desejo era ficar na terrinha alencarina, mas o destino era o Rio de Janeiro com o objetivo de se tornar garçom e ter o próprio negócio. Foi na capital fluminense que ganhou experiência, começou a trabalhar em restaurantes e não parou mais.

A jornada não foi fácil, mas era esperto e queria aprender. Tais ingredientes, acompanhados de uma caprichada pitada de força de vontade, o tornaram quem ele é hoje. Turista ou não, quando se pensa em cerveja gelada, nevada ou, no bom cearês, m-o-f-a-d-a, é impossível não pensar no Francisco de Assis Ximenes do Prado, o Assis Rei da Picanha.

Aos 65 anos, Assis é um homem sério. Sorri pouco, mas se considera brincalhão. Também é um homem de fé, devoto de São Francisco de Assis, e preza por um trabalho feito com determinação e responsabilidade. Gosta de comer um bom baião de dois e tem orgulho do seu negócio, nunca achou que fosse chegar tão longe. Fala com segurança e sem falsa modéstia que acredita que seus restaurantes fazem parte da história de Fortaleza e são um point de encontro entre jovens, adultos, senhores, senhoras e turistas.


Com informações Vós 



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.