Dois dias após chacina de policiais em Fortaleza, cabo da BPTur é baleado no bairro Henrique Jorge

Na madrugada deste sábado, 25, um cabo do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) foi baleado enquanto trafegava em uma moto no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) o policial militar (PM) foi abordado por suspeitos que efetuaram dois disparos. A vítima foi baleada no peito e em um membro superior, mas foi socorrido para uma unidade de saúde e se encontra estável.

Informações apuradas pelo O POVO Online confirmam que o PM foi vítima de um assalto e tentou reagir, mas acabou sendo agredido pelos suspeitos com uma coronhada na cabeça. Após a agressão, os criminosos roubaram a pistola do cabo e efetuaram os disparos. A vítima conseguiu escapar e foi socorrida por moradores da região. O cabo da PM não estaria em serviço quando sofreu os disparos. A fonte do O POVO Online também negou a informação que circulou na internet de que o policial teria sido torturado durante a noite.

O membro do BPTur foi transferido para o Instituto Dr. José Frota (IJF), onde, segundo informações, segue estável. Até o momento, nenhum suspeito foi preso. Informações iniciais dão conta que o crime não tem qualquer ligação com a chacina dos policiais que deixou três mortos na última quinta-feira, 23.

A SSPDS ainda ressalta que qualquer informação sobre o caso pode ser repassada à investigação através de uma denúncia anônima. O contato pode ser feito através do Disque Denúncia, 181, o (85) 3257-4807, do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, ou ainda através do número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento.


O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.