Ciro tem o maior patrimônio entre candidatos já registrados no TSE

Foto: Agência Brasil 
Entre os cinco presidenciáveis que já fizeram o registro de suas candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) é o que tem o maior patrimônio individual declarado: R$ 1.695.203,15.

Distribuído entre bens como automóveis (dois), apartamentos (dois) e casa, além de poupanças e participações societárias, o valor que o pedetista informou possuir supera o do tucano Geraldo Alckmin, que é de R$ 1.379.131,70.

De acordo com o TSE, o candidato mais “pobre” na disputa à Presidência da República é Cabo Daciolo (Patriota), que alegou não ter nenhum bem em seu nome.

Em seguida vêm Guilherme Boulos (Psol), com R$ 15.416, e Vera (PSTU), que detém um terreno no valor de R$ 20 mil.

Ex-governador do Ceará, Ciro entregou hoje os documentos da chapa ao TSE. O prazo final para o registro das candidaturas é dia 15 de agosto, próxima quarta-feira. Treze nomes concorrem ao Planalto.

O maior patrimônio declarado entre os vices nas chapas presidenciais é o da senadora Ana Amélia (PP): R$ 5.125.983,92. Ligada ao agronegócio, a parlamentar gaúcha é companheira de Alckmin nestas eleições.

A também senadora Kátia Abreu (PDT), vice de Ciro, informou ser dona de bens que somam R$ 2.690.466,21.

Confira abaixo o patrimônio declarado pelos candidatos e seus vices ao TSE: 
Ciro Gomes (PDT): R$ 1.695.203,15

Geraldo Alckmin (PSDB): R$ 1.379.131,70

Vera (PSTU): R$ 20 mil

Guilherme Boulos (Psol): R$ 15.416

Cabo Daciolo (Patriotas): nenhum bem declarado

Vices

Kátia Abreu (PDT): R$ 2.690.466,21

Ana Amélia (PP) R$ 5.125.983,92

Hertz (PSTU): R$ 100 mil

Sonia Guajajara (Psol): R$ 11 mil

Suelene Balduino (Patriota): R$ 201.855,75

Com informações O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.