Realizado o III Seminário Municipal de Prevenção e Combate ao Trabalho Infantil

Divulgação
A Prefeitura de Sobral, por meio das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), ligadas à estrutura da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), realizou, nessa quarta-feira (27/06), o III Seminário Municipal de Prevenção e Combate ao Trabalho Infantil. O evento ocorreu no Auditório do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e contou com representações das secretarias da Educação, da Saúde, da Articulação do Selo Unicef, do Ministério do Trabalho e dos Conselhos Tutelar e dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), além de estudantes e entidades da sociedade civil.

Um dos objetivos do seminário foi a realização da reforma da comissão de monitoramento do Plano Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil, um colegiado formado por servidores dos diversos órgãos que tem como objetivo acompanhar a realização das ações de combate e prevenção.

Na ocasião, foram apresentadas, pelo Ministério do Trabalho, Cerest (Saúde), Peteca e Brinquedoteca (Educação), Aepeti e Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas/Sedhas), ações desenvolvidas intersetorialmente na prevenção e combate ao trabalho infantil.

A coordenadora da Assistência Social da Sedhas, Neuverina Albuquerque, representando o secretário Júlio Alexandre, destacou a importância de reunir todas as secretarias municipais e órgãos que realizam ações de combate e prevenção ao problema. "Temos o compromisso de lutar por esta causa e hoje estamos realizando a culminância de todas as ações e estratégias conduzidas por ocasião da campanha de combate ao trabalho infantil, do dia 12 de junho, fortalecendo o trabalho intersetorial e promovendo um futuro melhor para nossas crianças e adolescentes", disse Neuverina.

O seminário contou ainda com a participação de alunos do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), da Escola Maria do Carmo Andrade.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.