Brasileiros 'invadem' hospital na Rússia e animam crianças com câncer

Foto: Divulgação 
A torcida do Brasil deu show antes e depois em Samara, onde a seleção venceu o México por 2x0 e avançou para as quartas de final da Copa do Mundo. Antes do duelo com os mexicanos, um grupo de brasileiros 'invadiu' um hospital público na cidade russa para fazer a alegria de crianças com câncer. A administração de Samara repercutiu a ação dos torcedores e a imprensa local elogiou a postura, chamando o ato, que durou mais de duas horas, de "festa pras crianças". O grupo era formado por médicos, estudantes e jornalistas, dentre outros.

Vestidos com as roupas da seleção brasileira e cheio de presentes, os torcedores chegaram pela manhã e animaram as crianças, que estavam fazendo quimioterapia e recebendo medicamentos. Assim como nas arquibancadas, gritavam os nomes dos meninos e meninos, num grito de guerra. Alguns garotos até chegaram a jogar futebol e a tocar pandeiro com os brasileiros nos corredores.

Felicidade

"O mais marcante foi um menino com os movimentos bem limitados que tocou pandeiro para os brasileiros sambarem. Deu pra ver que ele achou o máximo os próprios movimentos terem criado um ritmo para as pessoas dançarem. Me fez pensar em como, às vezes, uma coisa besta para a gente é motivo de alegria para um menino como aquele", disse a brasileira Ohana Berger, em entrevista à BBC Brasil.

O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.