Akinfeev pega dois pênaltis da Espanha e garante a Rússia nas quartas

Foto: AFP
Antes da bola rolar para Espanha e Rússia, poucos acreditavam que a equipe da casa teria condições de bater a campeã mundial de 2010. Com o gol espanhol marcado nos primeiros minutos da primeira etapa, a chance russa diminuiu ainda mais. No entanto, os anfitriões foram valentes e conseguiram igualar a partida e levar o confronto para a cobrança de pênaltis.
No momento de definição cresceu a imagem do grande personagem da partida: o goleiro Igor Akinfeev. Além de realizar algumas defesas importantes durante os 120 minutos, o arqueiro russo de 32 anos garantiu a Rússia nas quartas de final após realizar duas defesas na disputa de pênalti.

Durante a partida com bola rolando, a Rússia conseguiu neutralizar grande parte da pressão espanhola. E nos raros momentos que alguma finalização chegava a sua meta, Akinfeev fez uma partida bastante segura e fez defesas importantes. A principal delas aconteceu aos 39 minutos, quando Iniesta arriscou da entrada da área e o goleiro fez uma linda defesa.

Nos pênaltis, o goleiro cresceu ainda mais e foi um gigante nas cobranças. Na terceira finalização, O arqueiro acertou o lado e fez uma defesa teoricamente tranquila. Na quinta tentativa espanhola, Akinfeev caiu para o seu canto direito, e a bola foi cobrada no meio do gol. O goleiro conseguiu esticar as pernas e garantir a Rússia nas quartas de final.

Agora a Rússia espera o vencedor de Croácia e Dinamarca para saber o seu adversário da próxima fase da Copa do Mundo.


Gazeta Esportiva

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.