Na estreia de Lisca, Ceará fica no empate sem gols com o Botafogo no Engenhão

Foto: Vitor Silva
O Ceará deixou o Engenhão-RJ com um empate sem gols diante do Botafogo, nesta quarta-feira, 6. Na estreia do técnico Lisca, o Alvinegro jogou recuado e mostrou entrega em campo, apesar de ter repetido os mesmos erros de partidas anteriores.

A igualdade no placar interrompeu a sequência de três derrotas seguidas e colocou um ponto a mais na campanha do Vovô, lanterna da competição com quatro pontos. Por outro lado, o Ceará aumentou a série de jogos sem vitórias - agora são 12.

Com apenas um dia de trabalho, Lisca levou a campo o time na formação 3-5-2, reforçando o setor defensivo. A equipe atuou fechada, aguardando para armar um contra-ataque em busca um gol. E a estratégia montada pelo técnico gaúcho deu certo em parte.

Na defesa, o Ceará conseguiu neutralizar as principais jogadas do rival com marcação forte. Foi dado o campo para o Botafogo jogar, mas o time carioca não tinha qualidade na armação das jogadas ofensivas.
As melhores chances do Fogão resultaram de erros já conhecidos pela torcida do Vovô na transição da defesa para o ataque. No setor ofensivo, o Alvinegro tinha dificuldades para fazer uma jogada trabalhada.

Os principais lances de ataque do time de Porangabuçu saíram dos pés de Pio, na bola parada, nos chutes de longa de distância e cruzamentos.

Nos dois tempos, Ceará e Botafogo fizeram uma partida bastante travada, com poucas chances de perigo. Até que aos 36 minutos da etapa final, o zagueiro Yago, que já havia entrado no lugar de Joel Carli, se chocou com Everson numa bola aérea e não teve condições voltar para o duelo.

O Botafogo já havia feito as três substituições e ficou com um a menos até o fim do confronto. O técnico Lisca lançou a campo Douglas Coutinho no lugar do zagueiro Rafael Pereira e lançou o Vovô ao ataque. Anteriormente, o gaúcho substituiu Valdo e Fabinho, ambos por lesão, por Thiago Alves e Naldo.

A partida ganhou em emoção, com o Ceará ganhando o campo defensivo do Botafogo e tomando o controle da peleja. Os cariocas, mesmo com um a menos, não se intimidaram e buscaram o gol da vitória.

Por conta da demora na saída de campo e no atendimento do zagueiro Yago, o árbitro deu dez minutos de acréscimos. Com o duelo aberto, o Ceará teve a grande chance da partida.

O goleiro Everson acionou Douglas Coutinho em um contra-ataque rápido, pegando a defesa do Botafogo desarrumada. O atacante arrancou e serviu para Arthur, que chegava de cara com o goleiro marcar. Mas antes de o artilheiro do Alvinegro finalizar, o meio-campista Renatinho afastou o perigo para escanteio, mantendo o empate sem gols.

O Ceará volta a campo neste domingo, 10, contra o Palmeiras, no Castelão. O Botafogo, atual 12º colocado, pode perder posições até o fim da rodada. O Fogão enfrenta o Bahia, também no domingo, na Fonte Nova.


O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.