Justiça mantém condenação a Ciro por ter chamado Collor de "safado" e "cheirador de cocaína"

Foto: Fábio Lima
O cearense pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT), terá de pagar indenização ao senador e ex-presidente Fernando Collor (PTC). Nesta terça-feira, 26, o ministro Marco Buzzi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), reforçou a decisão ao negar o pedido do ex-governador do Ceará para que fossem suspensos os efeitos da determinação indenizatória já proferida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).

O Ferreira Gomes foi julgado e condenado por ofender o adversário em 1999. À época, ele comentava a campanha eleitoral de 1989 e criticou Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por não ter chamado o senador da República de “safado” e “cheirador de cocaína” diante dos ataques de Collor nos debates. O cearense disse ainda que campanha tem de ser “o mais baixo nível”.

Com informações O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.