Ferroviário apenas empata com Altos no Castelão em jogo de ida das oitavas

Foto: Pedro Chaves
A sensação foi de frustração. No primeiro jogo das oitavas de final da Série D, contra o Altos, o Ferroviárioconseguiu apenas o empate em pleno Castelão. O time coral até que não fez uma partida ruim, mas voltou a desperdiçar chances e viu a equipe piauiense igualar o placar na reta final do jogo. O resultado faz com que as duas agremiações sejam obrigadas a vencer no próximo jogo, marcado para sábado, 23, às 18 horas, no estádio Felipão.

O gol do Ferroviário saiu cedo, aos 10 minutos do primeiro tempo. Juninho Quixadá desviou de cabeça para o fundo das redes após Lucas Mendes cobrar lateral direto para a grande área e a zaga adversária afastar mal. Abrir o placar cedo deu a impressão que o Tubarão não teria maiores dificuldades na partida. De fato, o time coral fez sua melhor partida na Série D, mas o placar magro deixou o jogo aberto até o fim.

No segundo tempo, o Altos cresceu um pouco de produção, mas na substituições, Marcelo Vilar colocou o Ferroviário novamente pra frente. Aos 33, após receber um passe de calcanhar de Janeudo, Luís Soares mandou uma balaço de fora da área, mas Gideão defendeu. Valdeci, um dos que Vilar lançou a campo, perdeu uma grande oportunidade também. Num erro de saída da zaga do Jacaré, ele ficou cara a cara com o goleiro adversário, mas chutou em cima dele.

Oliveira Canindé também mexeu no Altos e numa das alterações colocou Manuel, atacante titular que estava na reserva. Seria dele a missão de empatar a partida. Aos 41 minutos, ele recebeu um bola pelo alto na meia-lua, matou no peito, girou e bateu, acertando o ângulo direito de Gleibson. A torcida coral calou.

Já nos acréscimos, Dudu cruzou para a área e Valdeci desviou de carrinho, mas a bola subiu. O empate permaneceu no placar até o apito final.

Na saída dos jogadores, o torcedor até aplaudiu, mas sabe sabe que o Ferroviário poderia ter saído com um resultado muito melhor.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.