Fagner lembra risco de perder Copa para defender choro de Neymar

Foto: Christophe Simon/AFP
Titular na vitória sobre a Costa Rica, Fagner foi o escolhido para conceder entrevista coletiva na tarde deste domingo, em Sochi, base da Seleção Brasileira. Citando sua própria experiência, o lateral direito usou a empatia para defender o choro de Neymar após a partida disputada na última sexta-feira.

”Imagino por tudo o que o Neymar passou. Eu, duas semanas antes da convocação, tive uma lesão. Fiquei na dúvida, não sabia se estaria aqui. Cada um reage de uma forma. A dele foi a de extravasar”, avaliou Fagner.

Assim como o jogador do Corinthians, que sofreu uma lesão na coxa, o camisa 10 do Brasil correu o risco de não ir à Rússia em função de uma cirurgia no pé direito, realizada a apenas três meses para o início da Copa do Mundo.

“Sabemos o que cada atleta passou para poder estar naquele momento. Acho que passou um filme na cabeça dele, fazer o gol, disputar mais uma Copa. A gente fica feliz de estar aqui, de vestir essa camisa. Isso faz com que a gente fique cada vez mais forte”, acrescentou.

O certo é que o desabafo de Neymar foi repercutido até pela imprensa europeia, que desdenhou das lágrimas do brasileiro, também criticado por sua atuação no empate por 1 a 1 com a Suíça, pela estreia no Mundial. O choro, segundo Fagner, teria sido uma reação natural diante da pressão exercida sobre o atacante.

“Todo atleta tem seu sentimento. Ele é um ser humano, tem o direito de ficar chateado. Mas o grupo está com ele. Todos vão dar apoio. Ele é um cara experiente para absorver tudo da melhor forma possível. Tenho certeza que ele vai dar o melhor pela Seleção”, assegurou.

Seja como for, Fagner tem a convicção de que o triunfo por 2 a 0 sobre a Costa Rica “nos fortalece muito pela questão emocional, de manter a organização e a cabeça fria. Fortalece muito para o decorrer da competição”.

O decorrer da Copa aponta o decisivo duelo com a Sérvia, previsto para a próxima quarta-feira, em Moscou. O time canarinho, com quatro pontos ganhos, precisa de um empate para se garantir nas oitavas de final.

Gazeta Esportiva

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.