Protesto de caminhoneiros afeta Correios e postagens de encomendas com hora marcada são suspensas

Foto: Aurélio Alves
Em meio à onda de protestos de caminhoneiros contra a alta dos combustíveis, serviços como o de entrega dos Correios estão sendo "seriamente atingidos", conforme nota da empresa. Estão suspensas temporariamente postagens de encomendas com hora marcada e os outros serviços de entregam terão prazo aumentado.

Por meio de nota, os Correios ressaltam o impacto da paralisação da categoria caminhoneira. "Toda a logística brasileira está sendo prejudicada pela paralisação nacional  dos caminhoneiros. Estão temporariamente suspensas as postagens das encomendas com dia e hora marcados (SEDEX 10, 12 e HOJE).", informa.

Nos serviços de hora marcada, o cliente tem a possibilidade de pedir um produto hoje, selecionar a categoria e estipular um prazo de entrega. Por exemplo, quem quiser pedir uma encomenda nesta quarta-feira e desejar que ela chegue até o próximo dia útil ao meio-dia, não poderá ser contemplado.

Os outros serviços Sedex mais comuns e também as entregas não expressas como a Prática, Acessível e Confiável (PAC) também têm sua dinâmica alterada. Segundo a empresa de entregas, haverá acréscimo de dias nos prazos de entrega.

Correspondências também devem demorar mais para chegar. Os Correios reforçam que acompanham os índices operacionais de toda essa logística e afirmam que assim que a situação das rodovias normalizar, os serviços terão reforços para minimizar os impactos que a população sofreu nestes dias.

O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.