"Ciro nunca foi de esquerda e não tem capacidade de governar o País", diz Luizianne Lins

Foto: Reprodução 
A ex-prefeita de Fortaleza e deputada federal Luizianne Lins (PT) rechaçou a possibilidade de o ex-governador Ciro Gomes (PDT) representar a esquerda nas próximas eleições presidenciais. "De jeito nenhum!", destacou a petista em entrevista ao O POVO Online, transmitida nesta sexta-feira, 11, ao vivo pelo Facebook.

Ciro Gomes tenta fazer uma ampla frente de esquerda. Já articula uma aproximação com o PSB e com o PCdoB. Há ainda a especulação de que o PT pode ocupar a vaga de vice na candidatura dele.

"Primeiro que ele nunca foi de esquerda na vida. Ele não pode estar à frente da esquerda se ele nunca foi de esquerda. Faz 32 anos que o Ciro está aliado ao Governo do Estado do Ceará. Desde 1986, com a eleição do ex-governador Tasso Jereissati, que o Ciro está do lado do governo. Mudou o governador e o Ciro até hoje continua lá. Eu não acho que ele tenha trajetória de esquerda, que ele tenha pensamentos de esquerda, eu não acho que tem sintonia com a esquerda brasileira, muito menos acho que o PT o apoiaria ou sairia como vice dele." completou ela.

"Ele é imprevisível. Diz uma coisa aqui, a plateia ouve, depois ele se vira e diz uma coisa completamente diferente. É só observar os ataques que ele fez à presidente Dilma, ao presidente Lula, ao PT... Tenho respeito por ele, como tenho pelos seres humanos de uma forma geral, mas não acho que ele teria capacidade de governar o Brasil", completou a deputada.

Quando questionada sobre o que ela acha que falta a Ciro, a petista disse que a pergunta seria qual a qualificação que o leva a ser capaz de virar presidente. Ela afirmou que ele não dá a devida importância às coisas, e que dá preferência à "pirotecnia". "O show dele, em que depois não dá consequência aos atos. Acho que ele bate pra depois assoprar. Além da grosseria. Já imaginou, uma pessoa sendo presidente da República, que quando chega perto de você, você leva um tabefe?".

Ela afirma também que a imagem de "paz e amor" que ele tenta passar agora não irá pegar, graças à quantidade de informações que correm nas redes sociais. "Por que eu iria querer uma candidatura de uma pessoa com esse tipo de comportamento completamente destemperado, que não conseguiria unir o Brasil, que tá tão ferido e tão magoado?", questiona.

Segundo Luizianne, a candidatura do PT será a de Lula. "Não tem plano A, B ou C, não. A candidatura é do Lula".

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.