O Tempo Não Para terá escravos “congelados” no século 19 vivendo em 2018

Foto: Divulgação 
A novela O Tempo Não Para promete ser bem diferente da atual exibida na faixa das sete, Deus Salve o Rei. Com uma trama que migra entre o contemporâneo e o passado, o folhetim ainda deve causar bastante burburinho ao abordar o racismo de uma forma bem diferente.

De acordo com informações do jornalista Fernando Oliveira, uma família de escravos do século 19 também aparecerá na história congelados e tendo que conviver com uma realidade bem diferente da vivida por eles a anos atrás. Eles, em 2018, vão ter que entender que agora são livres.

Aline Dias, Cris Vianna, David Júnior, Maicon Rodrigues e Olívia Araújo são os atores escalados para darem vida à esses personagens. O Tempo Não Para tem previsão de estreia para o dia 31 de julho e já chega com a missão de levantar os índices de audiência no horário.

DOIS NOVOS NOMES PARA O TEMPO NÃO PARA
O Tempo Não Para, da TV Globo, segue tendo o seu elenco escalado e até agora a trama só conta nomes de peso. O mocinho será Klebber Toledo que ganhou destaque em Êta Mundo Bom e por isso terá a oportunidade de viver seu primeiro protagonista no canal carioca. Vanessa Giácomo, Vivianne Pasmanter, Edson Celulari, Felipe Simas, Rosi Campos e Ney Latorraca também já fazem parte do elenco.

De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, a trama substituta de Deus Salve o Rei a partir de julho acaba de ganhar dois novos nomes. Alexandra Richter e Bia Montez foram chamadas e a partir de agora fazem parte do folhetim dirigido por Leonardo Nogueira e que tem Juliana Paiva como a grande protagonista.

O Tempo Não Para mostrará uma família que acabou sendo congelada e permaneceu assim por 130 anos, até o bloco de gelo deles vir parar no litoral paulista. Agora eles, que são de 1886, vão precisar de muito jogo de cintura para se acostumarem com os dias de hoje.

TV Foco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.