Livro Entre (Atos) do Ofício II reúne relatos de educadores de Sobral

Foto: Divulgação/PMS
O processo de formação dos educadores de Sobral, seu entusiasmo, seus desafios e superação, num texto leve e emocionante, estão presentes no livro Entre (Atos) do Ofício II: Narrativas do “chão da escola”, lançado na quinta-feira (26/04), na Casa da Cultura. A iniciativa da Secretaria da Educação de Sobral e Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional (Esfapege) está inserida nas ações de valorização do magistério e compõe o programa “Olhares: o ofício de educar”.

Representando o secretário de Educação, a coordenadora de Ensino Fundamental, Edna Carvalho, destacou a importância do livro para a rede municipal de ensino de Sobral. “O que está escrito nesse livro deve nos inspirar e inspirar os outros profissionais que ainda não escreveram a fazer isso, porque esses registros são muito importantes para a rede. Que fique o registro dessa beleza que tem na nossa rede e parabéns aos escritores. Que vocês continuem sendo inspiração para os demais”.

Um dos organizadores da publicação, o professor Edvar Costa agradeceu pelo convite para colaborar com o projeto e destacou que o livro faz um registro histórico do esforço que vem se desenvolvendo em Sobral, nas últimas duas décadas, em termos de educação. “Apresenta boas práticas e pode ser lido como inspiração para outros educadores e pode ser uma fonte de pesquisa para estudiosos. Com certeza irei utilizar com meus alunos da graduação”, afirmou o professor do curso de Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú.

Para a assessora pedagógica da Esfapege e organizadora do livro, professora Camélia Aragão, o livro revela o segredo da educação de Sobral: “Força de vontade aliada à competência de bons gestores, que compreendem o que é o “chão da escola”. Cada uma dessas narrativas trás o melhor de si. E isso é o que devemos fazer com o conhecimento. Não adianta tanto saber, tanto ler, tanto estudar, se não temos uma resposta positiva para dar ao mundo, aos nossos alunos. E essa resposta está nesse livro”.

Um momento emocionante do lançamento foi proporcionado pelo estudante Wanderley de Lima, que agradeceu ao professor Christopher Montezuma, autor do artigo “Tio, ele é especial?”: Discutindo a deficiência com outras crianças do ensino fundamental, publicado no livro, pelo trabalho desenvolvido na Escola José da Matta e Silva, no Atendimento Educacional Especializado, que o ajudou a se aceitar e superar dificuldades. Participaram da solenidade, educadores e seus familiares, estudantes e pais.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.