Grupo ligado a facção preso com maconha do Paraguai encomendada de presídio no Ceará

Foto: Reprodução / PRF
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 164 kg de maconha paraguaia, em carro com três ocupantes, na tarde desta quarta-feira, 25, na altura do km 156 da BR 020, no município de Pedra Branca, a 91,4 km de Fortaleza, no Ceará. Acionada pela PRF, a Polícia Federal (PF) prendeu os receptores da droga no Bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. O material foi encomendado por um presidiário do Ceará ligado a facção criminosa.

Por volta das 16h30min, policiais rodoviários federais abordaram veículo Ford F250, no município de Pedra Branca, com três ocupantes: um homem de 29 anos, e duas mulheres: uma de 19 anos e outra de 29 anos de idade, todos naturais de Fortaleza. Após contradições no interrogatório, os policiais fizeram inspeção no carro, e encontraram 164 kg de Maconha, além de 50 notas falsas de R$ 50,00 em compartimento falso do automóvel.

Os indivíduos confessaram que a droga e as cédulas falsas foram recebidas na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul. O material, segundo os ocupantes, foi encomendado por um presidiário do Ceará ligado à facção. O homem e as duas mulheres afirmaram ainda que receberiam R$ 15 mil pelo transporte. A PRF constatou, após identificação veicular, que o automóvel F250 com placa GVF-3779 (Goiânia/GO) estava com indícios de adulteração e clonagem.

Operação Conjunta

A PRF solicitou apoio à PF para identificar e prender os receptores. Por volta das 22h30min, no bairro Henrique Jorge, local combinado para a entrega da mercadoria, foram presos os receptadores: três homens de 25 anos, naturais de Fortaleza. No interior da residência, foram encontradas duas carteiras de identidade falsificadas, e foi apreendido um veículo Ford Ka pertencente a um dos homens.

As seis pessoas presas, junto com a droga e objetos apreendidos, foram conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Fortaleza, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico, moeda falsa, falsificação documental, e adulteração de sinal identificador veicular.

Material apreendido

164 kg de maconha;
50 cédulas falsas de 50 reais;
01 veículo adulterado/ remarcado;
01 veículo apreendido;
02 documentos falsos (RGs);
06 celulares apreendidos.


O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.