Final dos sonhos entre os protagonistas transforma final do BBB 18 na melhor de todos os tempos

Foto: Divulgação/Globo
A temporada atual do Big Brother Brasil chega ao fim esta semana e, após eliminações marcantes, a grande final contará com a presença de Gleici, Kaysar e a Família Lima. Ou seja, os participantes que protagonizaram os debates e as torcidas do público. Nesse contexto, a final do BBB18 torna-se a melhor de todos os tempos.

Gleici entrou quietinha na atração, mas ao longo do programa conseguiu mostrar sua personalidade coerente, com uma postura mais ativa, e alcançou seu ápice na histórica semana do paredão falso, um revival de edições passadas. A volta de Gleici, embalada pelo tom vingativo de O Outro Lado do Paraíso, ocasionou a derrocada dos ‘vilões’ da edição, em especial Patrícia e Diego. Ademais, a fadinha acreana, apelido que ganhou do público, conquistou uma torcida gigante, que a fez seguir no jogo e ganhar a popularidade de uma campeã, comprovada por sua trajetória e sua permanência até à Final.

Por sua vez, Kaysar teve uma trajetória inversa quando comparado à Gleici. O refugiado sírio ganhou o público ao entrar na atração comandada por Tiago Leifert com todo gás, com uma energia contagiante, e cheio de ensinamentos bonitos para com os colegas de confinamento, entretanto, perdeu pontos importantes junto ao público ao se relacionar mais intensamente com Ana Paula e Patrícia, especialmente. O voto em Gleici, claramente influenciado por Patrícia, foi uma de suas decisões mais polêmicas. Além disso, a intimidade de Kaysar com as ‘vilãs’ da edição reduziu drasticamente o brilho do refugiado no reality global, uma vez que ele passou a se comportar de forma mais questionável, com atitudes que até então não tinha dentro do confinamento, a exemplo do polêmico grito “sai, sai, sai” contra Ayrton, o qual ia cumprimentar o sírio por ele ter ficado no paredão que Caruso saiu da casa. Alguns diriam que Kaysar se perdeu em um possível personagem e isso, sem dúvida, será confirmado ou não na decisão que veremos.

Por fim, a Família Lima foi responsável pelo maior protagonismo desta edição. Primeira família a entrar na casa do Big Brother Brasil e a participar da disputa. Alvo de discussões polêmicas e acaloradas entre o público em virtude da relação muito próxima de pai e filha. Motivo de vários atritos entre os confinados, principalmente pelo comportamento “birrento” de Ayrton e sincero de Ana Clara. Atração cômica da edição pela implacável perseguição de Ayrton à filha Ana Clara, sobremaneira nas festas. Uma das protagonistas da prova de resistência mais longa da história do BBB. Entre tantos outros fatos que rodearam a Família Lima ao longo desses quase 3 meses de reality.

Kaysar quer levar o prêmio para ajudar sua família a sair da Síria. Gleici quer ganhar o prêmio para poder ajudar sua família, a qual vive em situação demasiadamente carente. E a Família Lima quer conquistar o prêmio, especialmente, para fechar com chave de ouro o sonho de Ayrton, que ansiava por essa participação há mais de 15 anos. Nesse sentido, os motivos são justos e demonstram que os finalistas são protagonistas não só pela participação relevante na edição, mas também pelas histórias que não se restringem ao show de câmeras da atração. Assim, não se espera menos do que uma vitória justa.

TV Foco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.