Estudantes bloqueiam Washington Soares em protesto por morte de estagiária

Foto: Bruna Damasceno 
Entoando gritos de "Cecília, presente!", cerca de 400 estudantes se reuniram nesta manhã de sexta-feira, 13, para pedir justiça em protesto a morte de Cecília Raquel Moura, 23, estudante de Direito que foi baleada no caminho do estágio após tentativa de assalto. Manifestantes bloquearam a avenida Washington Soares por cerca de sete minutos. Dois suspeitos de participação no crime foram presos nesta quinta-feira, 12.
O ato, organizado por alunos do curso de Direito da Universidade de Fortaleza (Unifor), começou às 9 horas, com concentração no bloco K da faculdade e seguiu para a Washington Soares onde bloquearam os dois sentidos da via. No momento estiveram presentes representantes estudantis de centros acadêmicos e também o namorado de Cecília. 
Após o bloqueio, os estudantes se reuniram para fazer apelo ao Governo do Estado na segurança pública e pedir justiça."Senhor governador Camilo Santana, estamos com medo, com muito medo. Nos últimos anos experimentamos no Ceará o crescimento de homicídio, chegando em 2017 a 5.134 assassinatos, contra 1.021 de 2016. Passamos de 2,8 para 14 mortes por dia.", exclamam em jogral.

Os manifestantes finalizam trazendo a situação para os primeiros meses deste ano e revelando estatísticas que incluem a vida de Cecília, que foi tirada na tarde dessa quinta-feira, 12, quando ela estava a caminho do trabalho. "E quando nós pensamos ter chegado no fundo do poço entramos em queda livre infinita. O Ceará já contabilizou 1.258 homicídios neste trimestre.", entoam.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.