Com expectativa de maior público do Estadual, clássico terá segurança reforçada

Foto: Daniel Aragão 
Amanhã o Castelão deve receber o maior público do futebol cearense na atual temporada. A expectativa é de que no mínimo 35 mil torcedores compareçam ao estádio para o segundo jogo da decisão do Estadual. E para o Clássico-Rei que define o campeão alencarino de 2018, o esquema de segurança ganha reforço.
O contingente de militares subiu de 665 para 765 policiais. Destes, 37 são da cavalaria; 50 do Batalhão de Choque e 15 vão estar acompanhados por cães. O comando interno e externo seguirá com o Tenente Coronel Farias e com o Coronel Márcio, respectivamente.

A segurança particular contará novamente com 200 profissionais. Além disso, 20 policiais civis, 36 bombeiros e 16 brigadistas reforçam a segurança. Os juízes Maria José Bentes Pintos e José Maria dos Santos Sales vão estar no estádio para resolver qualquer problema a cargo do Juizado do Torcedor e uma delegacia próximo da praça esportiva (não definida na ata da reunião de providências) ficará de plantão.

O esquema de segurança deve começar a funcionar a partir das 11 horas, mesmo que a abertura dos portões esteja programada para às 13 horas. A proibição de som automotivo e consumo de bebidas no estacionamento do Castelão seguem em vigor e há promessa de fiscalização.

Haverá também um efetivo para prestar socorro aos torcedores, caso necessário. Cinco ambulâncias, cada uma com um médico e dois enfermeiros, estarão disponíveis na esplanada da praça esportiva. Cinco ambulatórios também vão estar funcionando no interior do estádio, nos setores E, F, I, O e P.

As torcidas organizadas vão adentrar ao Castelão por portões exclusivos e serão vistoriadas pela Polícia das 14 horas às 15 horas.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.