Ceará terá desfalques para enfrentar o São Paulo no domingo

Foto: Mateus Dantas
Em busca da primeira vitória no Brasileirão, o técnico Marcelo Chamusca terá dificuldades para montar o Ceará para enfrentar o São Paulo, às 16 horas do próximo domingo, 22, no Castelão.

O Alvinegro não vai contar com dois de seus principais jogadores: o volante Richardson e o meia Ricardinho.

O departamento médico do time divulgou o quadro clínico dos atletas que estão lesionados e o prognóstico indicado é de que eles ficarão de fora, no mínimo, dos dois próximos jogos do Vovô na Série A.

Hoje, a situação que mais preocupa é a do meia Ricardinho, que teve uma entorse no tornozelo direito ainda no primeiro tempo do jogo contra o Santos.

“Ele já tinha uma lesão prévia de entorses passadas e isso, de certa forma, determina até um cuidado maior. Estamos com planejamento de três semanas conosco, com o período de transição (quando o jogador começa os trabalhos físicos ) já incluso”, avaliou o médico do clube, Leandro Rêgo, que explicou também o quadro de Richardson.

“Ele havia sofrido uma tendinite com desinserção (desprendimento) do músculo adutor direito. Você tem uma espécie de soltura de um determinado segmento do tendão, acrescentando maior gravidade ao caso. Também temos um planejamento de três semanas conosco, e o atleta já está há onze dias.”

Por outro lado, o volante Pedro Ken, recuperado de um problema no quadril que o deixou fora de campo desde o dia 3 de março, deve ficar à disposição em breve, mas dificilmente jogará contra o tricolor paulista. “Estamos no processo de transição. Ele já foi entregue à preparação física há cerca de três dias. Muito em breve esperamos devolvê-lo aos campos”, disse o médico alvinegro.

Com isso, Chamusca quebra a cabeça para encontrar o parceiro ideal para Juninho no meio de campo. Sem poder contar com Raul (por decisão da diretoria, não joga mais pelo clube), Ernandes e Naldo são as únicas opções para o setor. Outra alternativa é escalar Pio no meio e Arnaldo na lateral-direita.

Na armação, Reina e Leandro Canhoto são as opções para substituir Ricardinho. Utilizar Wescley centralizado é outra opção, utilizando Roberto pela ponta direita de ataque.

Certo é que na lateral-esquerda ele terá o retorno de Romário, que não atuou contra o Santos.

O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.