Times discutem mudanças e Nordestão pode ter 2ª divisão

Foto: Divulgação 
Representantes dos principais clubes de Pernambuco, Bahia e Ceará estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira, na Federação Pernambucana de Futebol (FPF) para discutir mudanças na Copa do Nordeste. Uma delas seria a quebra da competição em divisões (A e B), sendo a principal com os dez principais clubes da região via ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A reunião, segundo apurou o Esportes O POVO, foi puxada pelo Sport, que este ano abriu mão de participar da Copa do Nordeste, juntamente com a FPF. O Ceará foi representado pelo presidente do clube, Robinson de Castro, o Fortaleza pelo vice-presidente, Marcello Desidério e a Federação Cearense de Futebol (FCF) também pelo vice-presidente, Eudes Bringel.

Os dirigentes cearenses explicaram que foi um encontro extra oficial, mas não falaram em detalhes o que foi debatido. “Não é reunião da Liga do Nordeste, é a primeira de algumas reuniões para que os clubes façam um alinhamento do que a gente pensa ser o melhor pra competição”, foi genérico, Desidério.

Já Robinson de Castro admitiu a possibilidade de quebra da competição em divisões, mas enfatizou que ainda não há qualquer definição. “Tudo é possível, tem várias ideias, estamos discutindo qual a melhor. O modelo desportivo tem que melhorar, a competição tem jogos que não estão atrativos, tem clube participando que não tá agregando, temos que privilegiar os clássicos regionais que são os principais produtos da competição”.

O Esportes O POVO tentou contato com Eudes Bringel, mas as ligações não foram atendidas. Não existem ainda detalhes de para quando seriam as mudanças discutidas e nem quando as ideias devem ser debatidas oficialmente junto com a Liga do Nordeste.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.