Skol lança pesquisa para saber como as mulheres querem aparecer em comerciais de cerveja

Foto: Divulgação
Pela primeira vez uma marca de cerveja perguntará às mulheres como elas querem ser representadas em comerciais de bebida. As cervejarias ficaram conhecidas por fazerem propagandas que, muitas vezes, deixavam uma imagem que não agradava ao público feminino. Para tentar reverter essa visão, a Skol lançou o movimento #EscutaAsMinas nas redes sociais, onde faz a seguinte pergunta: "O que as mulheres querem dizer nas propagandas de cerveja e como querem ser tratadas?"

O movimento colaborativo fica disponível durante o mês de março, em alusão ao mês em homenagem ao Dia da Mulher. Para participar, basta postar a resposta nas redes sociais com a hashtag #EscutaAsMinas.

As opiniões serão transformadas em filme que será veiculado na TV no final do mês.
A primeira parte do projeto foi a recriação de um propaganda de 2002, em que há forte caracterização machista das campanhas dentro do universo cervejeiro. O filme da cerveja, chamado "Paquera", de 16 anos atrás, se torna o filme "Bar", que não só dá voz, como garante representatividade às mulheres.

Segundo a companhia, para promover mudanças "reais e significativas" e evoluir, é preciso escutar.

DADOS PESQUISA SKOL DIÁLOGOS

A pesquisa Skol Diálogos, feita pelo Ibope Inteligência, constatou que todas as formas de preconceitos – machismo, racial, LGBTfobia, estético - estão presentes no cotidiano do brasileiro, sendo praticados ou presenciados. Mas é o machismo que está presente no cotidiano de 99% dos brasileiros ouvidos, sendo que 61% admitem que já pronunciaram algum comentário desrespeitoso contra as mulheres, mesmo que a maioria não reconheça que tenha atitudes machistas.

O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.