Polícia descarta tentativa de sequestro da filha de Capitão Wagner; entenda a confusão

Foto: Divulgação/AL
Para a Polícia Civil, a suposta tentativa de sequestro da filha do deputado estadual Capitão Wagner (Pros) foi um engano. Na verdade, a mãe de uma aluna com o mesmo nome da filha do parlamentar ligou para o colégio, solicitando a liberação daquela garota. Entretanto, um funcionário da escola se confundiu e chamou a filha de Wagner, que estava em aula. O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira, 16.

A falha de comunicação levou Wagner a cancelar uma viagem e acionar a Polícia. Foi registrado boletim de ocorrência não delituoso. O engano entre o nome das alunas foi explicado pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). O nome da escola das meninas não foi divulgado por motivo de segurança.

Na ocasião, a filha de Wagner entrou em contato com a mãe e descobriu que ela não estava à sua espera. "Uma pessoa ligou para o colégio por volta das 9h30min e entrou em contato com a minha esposa pedindo para liberar e avisando que estava do lado de fora", disse o parlamentar.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.