MPF denuncia Cid Gomes por crime ambiental na Serra da Meruoca

Foto: Divulgação/Ibama 
O Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) denunciou, nesta terça-feira, 6, o ex-governador Cid Gomes (PDT) por prática de desmatamento e construção irregular de condomínio em Área de Preservação Ambiental (APA) da Serra da Meruoca, no interior norte do Estado. Em nota, a assessoria de Cid Gomes rebate alegações.

Segundo o MPF, foram constatadas construção de empreendimento em Zona de Vida Silvestre e supressão de 1,4 hectare de vegetação nativa – intervenções que teriam resultado em alteração da paisagem e na descaracterização do relevo natural da área.A denúncia também cita o sócio de Cid Gomes na empresa Condomínio Terra Nova e Comunicação, identificado como Antônio Disraeli Azevedo Pontes, o responsável pela obra. A construção está embargada desde junho de 2017.

Conforme nota da assessoria do ex-governador, a área "de cerca de 0,4 hectares" que é objeto da denúncia não possui "nenhuma mata nativa". O perímetro "faz parte de um terreno de 42,4 hectares que foi inteiramente antropizado para roça e pastoreio de gado por proprietários anteriores".

Ainda segundo a nota, a construção possui alvará de licença de construção emitido pela Prefeitura de Meruoca.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.