Idosa é atropelada durante apagão e morre após esperar duas horas por atendimento

Foto: Ilustração 
Uma idosa foi atropelada por uma motocicleta no cruzamento das avenidas Pontes Vieira e Barão de Studart, nesta quarta-feira, 21, em meio ao trânsito complicado provocado pelo apagão. A vítima permaneceu das 17 horas até 19 horas esperando atendimento e não resistiu aos ferimentos.

O estudante de administração, Carlos Renan, que trabalha nas proximidades do local do acidente, percebeu que os familiares da vítima, inicialmente, não deixaram que ela fosse levada em carro particular, devido às condições físicas da idosa.

Em seguida, um socorrista de motocicleta chegou e realizou massagem cardíaca na mulher, no entanto, a ambulância não chegava. Por volta das 19 horas, a vítima ainda estava no local. "(Nesse momento) os familiares desistiram de esperar a ambulância, mas aí não podiam mais levar em carro próprio. Vi que tinha muito sangue no chão", relatou o estudante.

A Autarquia Municipal de Trânsito Serviços Públicos e Cidadania (AMC) estava no local controlando o trânsito. Para o estudante, a via estava um caos e era difícil transitar por ali. Após o acidente, a vítima morreu no local.

O POVO Online enviou email, às 22h58 min, para a Secretaria Municipal de Saúde para obter informações sobre a demora no atendimento. E aguarda resposta acerca do caso.

O Povo
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.