Hospital Regional Norte é referência em cirurgias de alta complexidade

Foto: Divulgação 
É com otimismo que o entregador Reginaldo Alves de Araújo, 46 anos, residente em Fortaleza, recupera-se após a realização de uma biópsia feita no Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, do Governo do Ceará. Em setembro do ano passado, ele começou a sentir um “formigamento” nas duas pernas e, com a evolução do sintoma, ficou impossibilitado de se locomover. Procurou atendimento médico e foi descoberto um tumor na medula. O paciente chegou ao HRN na última quarta-feira, 7, através da Central de Regulação do Estado. O exame foi realizado na quinta-feira, 8. E nesta terça-feira, 13, Reginaldo recebeu alta.

“Com esse procedimento cirúrgico será possível detectarmos qual a melhor conduta a ser seguida para o tratamento do paciente”, diz o neurocirurgião Keven Ponte. Para Reginaldo, desde o acolhimento até a realização da biópsia, a estrutura da assistência e acompanhamento da equipe profissional fizeram a diferença.“Para mim o atendimento aqui é impecável. Fiz todos os tipos de exames. Estou me sentindo muito bem tratado”, afirma, e a esposa Ádila Bezerra da Silva complementa: “desde que a gente chegou estamos sendo muito bem tratados. A medicação e refeição sempre no horário certo. Todo mundo muito atencioso, desde os médicos até o pessoal da limpeza. Esse exame na rede particular é muito caro, não tínhamos condições de pagar”.
Foto: Divulgação
Os casos que chegam ao Hospital Regional Norte são dos mais diversos, desde enfermidades como tumores, problemas vasculares, aneurismas, epilepsia, dentre outros. Como o do aposentado Francisco Martins Macêdo, 70 anos, residente no município de Monsenhor Tabosa. Ele precisou ser submetido a uma laparotomia exploratória para a correção de um problema no seu intestino. “Nota mil para todos aqui. Todos me atendem muito bem. Me sinto confortável aqui”, fala.

“Com a chegada do HRN, conseguimos ampliar o atendimento na região e agendar os procedimentos cirúrgicos eletivos com antecedência, dando uma previsão para o paciente de quando ele será operado. Isso melhorou muito o atendimento na região. Essa unidade hoje é fundamental para a neurocirurgia na região norte”, ressalta o neurocirurgião Cláudio Henrique Sousa.

Em março de 2013 foram iniciadas as primeiras intervenções cirúrgicas no Hospital Regional Norte. Ao longo desses anos, a unidade se tornou referência para a macrorregião em cirurgias de urgência e emergência, como geral, vascular, pediátrica e obstétrica, e eletivas, como torácica, neurocirurgia e otorrinolaringologia. Até o final de fevereiro foram realizadas um total de 38.464 procedimentos cirúrgicos no HRN.

O bloco cirúrgico do Hospital Regional Norte é composto pelo Centro Cirúrgico Geral (CCG), com oito salas de cirurgias, uma sala de pré-anestésico com quatro leitos e sala de recuperação pós-anestésico com nove leitos, além de Centro Cirúrgico Obstétrico (CCO) com três salas cirúrgicas e quatro leitos de recuperação e Clínicas Cirúrgicas I e II.

Assessoria HRN - Thiago Conrado
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.