Demitida de forma “injusta” do SBT, Joyce Ribeiro será âncora de importante telejornal em nova emissora

Foto: Divulgação 
Joyce Ribeiro, figura bastante conhecida do público por ter ficado por vários anos comandado diversos telejornais na nossa TV, está preparando a volta dela para o vídeo. Isso porque, Joyce Ribeiro, demitida em maio do ano passado, em uma onda de cortes após 13 anos longos anos de SBT, acaba de assinar contrato com uma nova emissora.Segundo informa o jornalista Flávio Ricco, Joyce será a nova âncora do Jornal da Cultura. Ela vai comandar o telejornal oficialmente a partir do dia 2 de abril e será anunciada como nova contratada já nesta segunda-feira (19).

Para quem não sabe, durante quase cinco anos o “Jornal da Cultura” foi apresentado por Willian Corrêa, que acumulava as funções de editor-chefe e diretor de jornalismo. Ele deixou a emissora em 16 de fevereiro e Andresa Boni assumiu interinamente o posto. Já falando em Joyce, ela deixou o SBT no ano passado de forma repentina em uma onda de cortes na emissora. O que chamou a atenção na época, é que Dudu Camargo, pupilo de Silvio Santos, dominava o jornalismo da emissora, enquanto Joyce e demais jornalistas pareciam não concordar com as decisões de Silvio Santos. Não deu outra, mas sim a demissão.

EM JANEIRO DESTE ANO, JOYCE CAMARGO FALOU SOBRE DEMISSÃO E RELAÇÃO COM DUDU CAMARGO

Fora da televisão, a jornalista Joyce Ribeiro falou sobre sua saída turbulenta do SBT. Para quem não lembra, ela foi dispensada da casa após ser substituída por Dudu Camargo, um garoto de 18 anos que foi escolhido por Silvio Santos para apresentar o Primeiro Impacto.

Joyce falou em entrevista ao programa TV Fama, em uma conversa inédita para a TV Aberta, que não houve grande surpresa e revelou que o processo de não renovação de contrato foi algo natural. Além disso, garantiu que deixou grandes amigos na emissora e que sente saudades.

No momento mais importante da conversa, Joyce falou sobre a chegada de Dudu Camargo e se realmente houve algo envolvendo o rapaz. “Não houve. O que aconteceu foi o seguinte… Causou um pouco de estranheza, espanto, mas todo mundo tentou absorver a informação da melhor forma possível. Houve um tempo de adaptação. Ele foi absorvido e abraçado da melhor forma possível por toda a equipe. Tudo que é novo causa um processo de adaptação, mas não houve problema com ele não”, disse.

Já sobre a contração de Marcão do Povo, demitido da Record após ser acusado de racismo em uma reportagem sobre a Ludmilla, Joyce disparou: “Agora que eu sair da emissora, não faço mais parte do grupo, acho que não convém que eu opine de alguma forma em relação a isso. Claro que a atitude dele foi extremamente condenável. Minha posição é muito taxativa. Já fui vítima de n formas de racismo, inclusive na televisão, é óbvio que a minha colocação já está pronta e é mais dura em relação a isso. Agora a forma e a estratégia que a minha antiga emissora que eu trabalhava usa para caminhar, isso agora não cabe mais aos meus comentários”.

TV Foco 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.