Com dois gols de Gustavo, Fortaleza bate o Iguatu na abertura da 2ª fase do Cearense

Foto: Julio Caesar
O Fortaleza estreou na 2ª fase do Campeonato Cearense com vitória sobre o Iguatu, na noite desta quinta-feira, 1º, no Castelão. Com dois gols de Gustavo, o Tricolor do Pici conquistou os três pontos na abertura da 1ª rodada do hexagonal. Partida marcou o retorno do Osvaldo com a camisa do Leão.

Com o triunfo, o Fortaleza acumula quatro vitórias consecutivas e vai embalado para o Clássico-Rei, neste domingo, 4. O Tricolor tentará se vingar do maior rival, que carimbou a última derrota do Leão no campeonato, no primeiro encontro entre as equipes. Na ocasião, o Ceará venceu por 2 a 0.

O Iguatu volta a campo também no domingo diante do Ferroviário. Equipe entrou com uma proposta defensiva para explorar os contra-ataques, mas não se encaixou dentro de campo diante do ofensivo Fortaleza.

Destaques

Gustavo mostrou mais uma vez faro de gol para balançar as redes. O centroavante chegou aos 11 gols no campeonato, sendo o artilheiro isolado da competição. Já Osvaldo reestreou com assistência para o segundo tento do camisa 9 na partida.

Alan Mineiro, que começou de titular, também fez uma boa partida, mesmo jogando aberto pela ponta. O atleta iniciou a jogada que terminou no primeiro gol de Gustavo.

Na 2ª fase do Cearense, a pontuação dos seis classificados é zerada, iniciando a disputa pela classificação para a semifinal. Todos os times se enfrentam em jogos únicos. Os quatro primeiros passam.

O JOGO

Logo no ínicio da partida, o plano de jogo das duas equipes ficou clara. O Fortaleza é quem teria a maior posse de bola e iniciativa do duelo, enquanto o iguatu esperaria para explorar os contra-ataques.

Rogério Ceni lançou a campo um time com três mudanças daquele que vem sendo utilizado como titular. Roger Carvalho saiu jogando como o terceiro zagueiro do esquema 3-4-3, no lugar de Felipe. Com o defensor de origem, o treinador tricolor armava uma defesa mais segura, mas perdia na saída de jogo.

No ataque, Alan Mineiro e Edinho entraram como titulares ao lado de Gustavo, deixando no banco Léo Natel e Alípio.

Com a maior posse de bola, o Fortaleza chegava ao ataque com facilidade, mas tinha dificuldade para concluir a jogada no terço final do campo. Em parte pela falta de um armador no centro. Alan Mineiro seria o jogador ideal para esta função, porém, Ceni o escalou para atuar aberto.

O Iguatu, postado todo atrás do meio de campo, pouco oferecia de perigo ao Fortaleza. A única jogada mais incisiva do time do Interior veio aos 18 minutos. Testinha arrancou pela direita e cruzou na área. Jussani tentou tirar, mas a bola quase entra contra a meta de Boeck.

Já o Fortaleza criou duas ótimas chances com Alan Mineiro, aos 10, e Edinho, aos 36, após bela jogada individual do camisa 7 que terminou na trave.

Quando parecia que os dois times iriam para o intervalo com o empate sem gols, o poder ofensivo do Fortaleza funcionou. Alan mineiro dominou a bola na entrada da área e passou para Bruno, que passava por trás da zaga do Iguatu, cruzar para Gustavo só empurrar para o fundo das redes.

No 2º tempo, o Fortaleza voltou com o pé no acelerador. Menos de um minuto, o time quase amplia com jogada de Alan Mineiro, que acertou o travessão. Aos 6 minutos, de novo Alan Mineiro levou perigo para o goleiro Gleibson.

Diferente do 1º tempo, quando tinha dificuldade de matar a jogada no terço final do campo, o Fortaleza passou a invadir a área do Iguatu com facilidade.

Aos 8 minutos, Ceni promoveu a reestreia de Osvaldo, o lançando no lugar de Alan Mineiro. Na primeira jogada do atacante, ele foi ao chão dentro da área e pediu pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

O Iguatu tentou mudar a dinâmica da partida lançando Canga e Paulinho a campo, mas nada mudou. Do lado do Fortaleza, Osvaldo substituiu Alan Mineiro e deu mais velocidade no trio ofensivo.

Foi dos pés de Osvaldo, aos 26 minutos, o passe para Gustavo marcar o segundo do Leão, dando números finais no placar da partida. Na sequência, Ceni lançou Alípio no lugar do centroavante, que pouco fez.

Felipe também foi lançado a campo no lugar de Roger Carvalho, mudando o esquema para 4-3-3. O Fortaleza seguiu com o domínio da partida, mas não conseguiu emplacar o terceiro.

Aos 49 minutos do 2º tempo, o árbitro apitou o fim da partida.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.