Com dedicação, estratégia e falha do goleiro, Brasil faz 1 a 0 no mistão da Alemanha

Foto: Globo Esporte
Gabriel Jesus voltando para marcar. Paulinho dando carrinho na área. Willian na lateral... Para confrontar uma ideia de jogo tão consolidada a ponto de ser praticada com naturalidade por um time quase B, o Brasil de Tite sabia que precisaria de concentração, dedicação e eficiência. Os dois primeiros itens foram cumpridos com louvor.

O terceiro contou com a ajuda de Trapp, que espalmou para dentro a cabeçada de Gabriel Jesus: 1 a 0 sobre a Alemanha, em Berlim. Resultado que fortalece, sim, a caminhada da equipe rumo a Copa do Mundo de daqui a 81 dias. E também limpa a mente do reencontro pós-7x1. Agora já aconteceu. A Seleção se dispôs a fazer um jogo diferente do que está habitada com essa comissão, de mais transpiração do que inspiração – apesar de ótimos momentos –, e mostrou uma versatilidade que poderá ser importante na luta pelo hexa.

O Brasil ainda tem dois amistosos antes de estrear na Copa do Mundo: dia 3 de junho, diante da Croácia, provavelmente em Liverpool, e dia 10, contra a Áustria, em Viena. Esses jogos já terão os 23 convocados para o Mundial. A lista será anunciada em meados de maio.
GE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.