Ceará e Fortaleza podem se enfrentar na semifinal do Estadual

Foto: Mateus Dantas
A vitória do Floresta diante do Ferroviário por 3 a 0, ontem, 18, no estádio Presidente Vargas (PV), aumentou as chances de acontecer um Clássico-Rei já nas semifinais do Campeonato Cearense.

Isso porque o Verdão da Vila retomou a liderança da competição, deixando o Alvinegro na vice-liderança do torneio. O que vai definir se haverá ou não o encontro entre os dois maiores times do Estado será o duelo entre o Vovô e o time da Vila Manoel Sátiro, partida marcada para a quinta-feira, 22, no PV.

Para não encarar o maior rival na fase semifinal, o Ceará precisa bater o Floresta e assumir a primeira colocação do Cearense, duelando com o quarto colocado do torneio, vaga que ainda não conheceu seu dono. Em caso de empate ou derrota para o Verdão, o duelo precoce entre Vovô x Leão vai acontecer.

Se Ceará e Fortaleza protagonizarem a semifinal do Cearense deste ano, será o terceiro Estadual consecutivo sem um confronto entre os dois times na final.

O último duelo foi em 2015, ano em que o time do Pici sagrou-se campeão, em partida marcada pelo gol de Cassiano aos 47 minutos do segundo tempo, evitando o quinto título consecutivo do Vovô. Na decisão de 2016, o Leão venceu o Uniclinic, garantindo o bicampeonato estadual. Já no ano passado, o Vovô bateu o Ferroviário e venceu o Cearense após dois anos.

Com Floresta, Ceará e Fortaleza já garantidos nas semifinais, resta apenas uma vaga para a próxima fase do Cearense. Três times estão na disputa. A situação mais complicada é a do Ferroviário, principalmente após o revés para o Floresta.

O Ferrão, que conquistou vaga à 4ª fase da Copa do Brasil diante do Vila Nova na quarta-feira, 14, - garantindo mais R$ 1,8 milhão de cota da competição -, não conseguiu mostrar o mesmo desempenho na segunda fase do Cearense. Além de bater Fortaleza no Clássico das Cores, na quinta que vem, precisa contar com o empate na partida entre Iguatu x Uniclinic, no Morenão, no mesmo dia.

Caso haja um vencedor em Iguatu, o Tubarão da Barra precisará ter saldo melhor do que o ganhador. Atualmente, o Peixe tem seis tentos negativos de saldo, enquanto o Azulão e a Águia têm quatro e dois gols contrários, respectivamente.

Por sua vez, o Uniclinic tem a situação mais confortável para garantir ida à etapa seguinte. Se vencer o Iguatu fora de casa, o time da Lagoa Redonda chegará aos 5 pontos e conquistará a última vaga. Em caso de empate, somará 3 pontos e voltará seus olhares para a Arena Castelão, torcendo para o Tubarão não vencer o Fortaleza.

Já o Iguatu precisa vencer a Águia e torcer por uma derrota do Ferrão. Mas se o Peixe vencer, o Azulão do Interior necessitará ter saldo de gols melhor para terminar segunda etapa na quarta colocação com 5 pontos e, consequentemente, com a vaga nas semifinais garantida.

O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.