Casa Branca não descarta novas sanções contra a Rússia

Foto: Divulgação
O porta-voz da Casa Branca Raj Shah afirmou nesta segunda-feira que os Estados Unidos não descartam impor novas sanções econômicas contra a Rússia como mais uma forma de punição na polêmica envolvendo o envenenamento do ex-agente duplo Sergey Skripal na Inglaterra.
"Queremos trabalhar com a Rússia, mas não podemos tolerar esse tipo de comportamento. Deixamos as possibilidades abertas", disse Shah.

Mais cedo, os EUA anunciaram a expulsão de 60 russos identificados como funcionários de inteligência, incluindo 48 da embaixada Rússia e 12 da missão permanente da Organização das Nações Unidas (ONU). Além disso, 14 países da União Europeia também comunicaram a expulsão de diplomatas russos pelo mesmo motivo.

Segundo Shah, as punições fizeram parte de uma ação coordenada entre os países como forma de retaliação ao envenenamento de Skripal. O ex-agente duplo e sua filha foram encontrados desmaiados num banco de parque em Salisbury, no sul da Inglaterra, no dia 4 de março. O ataque foi atribuído a Moscou, que nega envolvimento no caso e já avisou que irá responder de forma recíproca às medidas tomadas hoje pelos EUA e UE. (Flavia Alemi - flavia.alemi@estadao.com)

Agência Estado

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.