Cartão de crédito lidera reclamações não atendidas no Ceará em 2017

No ranking de reclamações do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), divulgado nesta segunda-feira, 12, o número de reclamações não resolvidas por serviços ligados a cartão de crédito assumiu a liderança pelos egundo ano consecutivo, ultrapassando serviços de telefonia móvel, costumeiramente em primeiro lugar. No total, foram 549 reclamações de clientes de cartão de crédito, o que representa 7,8% das reclamações gerais.

Segundo a promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, secretária executiva do Decon, o volume de reclamações em serviços de cartão de crédito se dá pela falta de compreensão generalizada das novas regras regras para o uso do rotativo do cartão de crédito, aprovada em abril de 2017, que criou restrições para o pagamento mínimo da fatura e acesso ao crédito rotativo.

"Aí virou um samba do crioulo doido", disse a promotora, explicando que, após a alteração, nem os clientes, nem os bancos e nem o próprio poder público compreendem bem as novas regras de parcelamento e pagamento mínimo.


O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.