Desligamento do sinal analógico de TV em Sobral é adiado para agosto

Foto: Internet 
Quem ainda não preparou o aparelho de TV com antena e receptor do sinal digital, ganhará mais tempo. O desligamento do sinal analógico de TV em Sobral, Santana do Acaraú, Massapê e Forquilha, previsto para a próxima quarta-feira, 28, foi mais uma vez adiado para 28 de agosto. O prazo inicial era 27 de setembro do ano passado, data em que Fortaleza e outras 14 cidades da Região Metropolitana passaram a receber o sinal de televisão apenas na versão digital. O sinal digital, no entanto, já está disponível.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Seja Digital, entidade responsável pela migração do sinal analógico para o digital, “o GIRED (Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV) se reuniu nesta semana na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e definiu uma nova data para o desligamento do sinal no cluster de Sobral, que deve acontecer em agosto de 2018”.

Ainda não há definições acerca do percentual de digitalização das famílias de Sobral e outros três municípios. “O grupo ainda não definiu se vai haver alguma nova pesquisa ou comunicou sobre a questão dos canais em atividade. Estamos aguardando as próximas definições para, inclusive, planejar ações da Seja Digital no local”, diz a nota.

A migração do sinal analógico de TV para o sinal digital trará maior qualidade de som e imagem e representa um avanço tecnológico e coloca o Brasil no mesmo patamar de países como Estados Unidos e Reino Unido. “Ao ser desligado, o sinal analógico de TV vai liberar a faixa de radiofrequência dos 700 MHz e permitir que as operadoras de telefonia móvel possam ativar a tecnologia 4G que é mais veloz, tem melhor qualidade, e maior cobertura, inclusive em ambientes fechados”, afirma Antonio Carlos Martelletto, diretor geral da Seja Digital.

Correio da Semana

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.