Transexual é assassinada a pauladas em quarto de hotel em São Paulo

Foto: Mariana Parente, em 19/03/2017
A transexual Larissa, de 25 anos, foi morta a pauladas quando estava num quarto de hotel com quatro homens, em Santana, zona norte de São Paulo. O crime aconteceu por volta das 7h30 desse domingo, 17. A informação é da Folha de S. Paulo.

Policiais civis que foram ao local souberam que Larissa fazia programas sexuais na região. Os objetos usados para o crime foram quatro vigas de madeira. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, instaurou um inquérito para apurar o caso.

Um funcionário do estabelecimento disse à polícia que escutou fortes barulhos vindos do quarto onde a mulher estava. No momento em que os barulhos acabaram, ele foi para a entrada da garagem dos fundos e encontrou a vítima no chão. Larissa já estava morta. Os assassinos deixaram o local e ainda não foram encontrados.

Dados

Conforme o último relatório da Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros e Intersexuais (ILGA), o Brasil está em primeiro no ranking de homicídios de LGBT nas Américas. São 340 mortes ligadas à homofobia no ano passado. Grupos brasileiros estimam que desse total, 144 foram de travestis e transexuais.

No Ceará

Em agosto passado, O POVO, em sua versão impressa, destacou que o número de transexuais mortos no Ceará dobrou neste ano em relação ao ano passado. 10 pessoas trans foram mortas em agosto deste ano.

O crime que ganhou mais repercussão, devido aos requintes de crueldade - apredejamento e tiros - vitimou Dandara dos Santos, de 42 anos.O crime foi filmado pelos agressores.

Veja as vítimas no Estado:

2/7 - Rayane, 35 anos. Assassinada com 15 tiros em Horizonte

2/ 7 - Larissa. Assassinada com 5 tiros no Vicente Pinzón

25/6 - Salomé Bracho, 25 anos. Assassinada a tiros por dois homens em São Luís do Curu

15/6 - Julhão Petruk, 20 anos. Homem trans assassinado com tiros no rosto no bairro Autran Nunes

15/5 - Ketlin, 31 anos. Encontrada morta a facadas em Juazeiro do Norte

9/5 - Jennifer Holanda. Assassinada a tiros em Itaitinga

27/4 - Pinha Priscila. Assassinada por espancamento no Conjunto José Walter

12/4 - Hérika Izidoro. Morreu dois meses depois de ser espancada e atirada de um viaduto na avenida José Bastos.

15/2 - Dandara dos Santos, 42 anos. Assassinada após espancamento no bairro Bom Jardim

30/1 - Paola Oliveira, 30 anos. Encontrada morta em Russas, com marcas de espancamento

Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.