Copa renova mais de um terço das seleções; veja as mudanças por continente

Egito, de Salah, é uma das seleções que não esteve no Brasil mas estará na Rússia

Nesta quarta-feira, acabam as eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Resta apenas uma vaga para ser definida: a que está sendo disputada entre Peru e Nova Zelândia, pela repescagem América do Sul-Oceania.

A partida será às 00h15 (de Brasília), mas que na verdade irá ocorrer às 21h15 de quarta-feira no horário peruano. A ida, do outro lado do mundo, foi 0 a 0.

Já na última terça-feira, mais duas equipes carimbaram o passaporte para o Mundial: a Dinamarca, que eliminou a Irlanda no último jogo da repescagem da Uefa, e a Austrália, que na manhã desta quarta-feira bateu Honduras em casa e se garantiu no torneio.

Em relação à Copa-2014, houve grande mudança nas seleções classificadas, com mais de 1/3 dos 32 participantes aparecendo como novidades, como Panamá, Egito e Senegal. Ao todo, 12 seleções que estiveram no Brasil não estarão na Rússia.

Veja as mudanças que aconteceram em cada Confederação:

Conmebol
Em relação ao Mundial do Brasil, Equador e Chile já são ausências certas.

Já Uruguai, Argentina e Colômbia se classificaram em 2014 e repetiram a dose.

A novidade pode ser o Peru, que não joga uma Copa desde 1982.

Uefa
Na Europa houve várias alterações entre um Mundial e outro.

Holanda, Itália, Bósnia e Grécia foram à Copa-2014, mas não irão à Rússia.

As novidades, por sua vez, são Islândia, Sérvia, Suécia, Polônia e Dinamarca.

Repetem a dose Bélgica, Croácia, Suíça, França, Portugal, Espanha, Inglaterra, e Alemanha. Todas jogaram no Brasil e participarão de novo em 2018.

CAF
Na África houve uma renovação quase total entre os classificados.

Argélia, Gana, Costa do Marfim e Camarões vieram ao Brasil, mas não vão à Rússia.

As novidades serão Tunísia, Marrocos, Senegal e Egito.

Só a Nigéria repetirá sua participação.

AFC
Na Ásia, houve repetição de todos os classificados.

Ou seja, Irã, Japão, Coreia do Sul e Austrália estão de volta à Copa.

A novidade foi é a Arábia Saudita, que não jogou o Mundial em 2014.

Concacaf
Na América do Norte, Central e Caribe também houve mudanças.

Apenas México e Costa Rica repetiram a classificação desta vez.

Já Estados Unidos e Honduras acabaram ficando de fora.

A novidade fica por conta do Panamá, que disputará sua primeira Copa.

OFC
A Nova Zelândia não esteve na Copa-2014 e tenta a vaga contra o Peru.

Caso consiga, será a 12ª novidade para o Mundial da Rússia.

Fonte: ESPN.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.