Bruno Gagliasso chega à delegacia para registro de queixa de racismo contra a filha

Foto: Reprodução/Instagram
Na manhã desta segunda-feira, 27, o ator Bruno Gagliasso foi até a 'Cidade da Polícia', zona norte do Rio de Janeiro, para registrar queixa de racismo contra sua filha Titi, após a circulação de um vídeo em que uma socialite brasileira aparece ofendendo a menina pela sua cor. Bruno chegou à delegacia por volta das 10h40. As informações são do Portal G1.

Nesse domingo, 26, Day Mcarthy, brasileira que mora no Canadá, divulgou um vídeo na internet com ofensas raciais à Titi, de quatro anos, filha adotiva de Bruno e Giovanna Ewbank.

Em 2016, o casal de atores, também precisou registrar queixa contra racismo quando uma seguidora fez um comentário ofensivo e racista em uma das fotos de Giovanna com Titi. Desta vez, Bruno e Giovanna planejam levar o processo judicial onde Day Mcarthy mora.

Logo após terem conhecimento do vídeo, eles informaram aos fãs que tomariam as devidas providências e fizeram publicações contra o racismo.

Famosos repudiam 
Alguns artistas se manifestaram em apoio ao casal nas redes sociais. O ator e apresentador André Marques publicou uma foto de Titi. "Porque né?? Não sei. Não entendo. Amor, paixão, doçura, afeto nao tem idade nem tempo nem cor. Que algum dia na vida, Deus deixe uma pessoa pobre de espírito, infeliz talvez, receber esse sorriso cheio de luz. Seria bom pra ela. Ela, a “ infeliz” no caso. Pq para quem é do bem ou só "NORNAL" já merece esse lindo sorriso. Eu acredito na força divina e na força das pessoas do bem", escreveu André.

A atriz Erika Januza, atriz, publicou uma foto com Bruno, Giovanna e Titi juntos em seu Instagram. "O amor incomoda, a felicidade incomoda. Triste são os, ignorantes que gastam seu tempo e energia para diminuir seu semelhante. Semelhante sim. Somos todos humanos. O que nos diferencia é o caráter. Estas mentes sujas só mostram quem é o menor nestas histórias de preconceito", disse a atriz, que em seu personagem atual da novela "Outro Lado do Paraíso", sofre com preconceito racial.

Com informações O Povo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.