Aliados reagem contra cassação do prefeito de Sobral Ivo Gomes

Foto: Internet
Aliados do prefeito de Sobral Ivo Gomes (PDT) reagiram ontem contra a decisão do juiz Fábio Medeiros Falcão de Andrade que cassou o mandato do pedetista e da vice-prefeita Christiane Coelho (PT). O magistrado entendeu, a partir da denúncia do deputado federal Moses Rodrigues (PMDB), que houve compra de votos na disputa eleitoral do ano passado.

O governador Camilo Santana (PT) saiu em defesa do irmão de Ciro e Cid Gomes e disse esperar que a justiça reverta decisão. Durante bate-papo no Facebook, na tarde de ontem, o petista afirmou que Ivo tem feito um “grande trabalho” à frente da gestão municipal.

“Queria me solidarizar com o prefeito Ivo Gomes, (por causa de) uma decisão de um juiz cassando o mandato dele. A pessoa que denunciou foi presa há um tempo atrás (sic) por tráfico de produtos clandestinos, portanto, eu não tenho dúvida de que a Justiça vai corrigir esse ato que aconteceu em Sobral. Portanto, minha solidariedade ao Ivo, que tem feito um grande trabalho”, declarou Camilo.

Durante sessão da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), deputados aliados dos irmãos Ferreira Gomes se solidarizaram com o prefeito. Colocando a mão no fogo pelo gestor municipal, o deputado Ferreira Aragão (PDT) afirmou que o pededista “nunca precisou comprar votos de ninguém”.

“Não foram apresentadas provas contra Ivo Gomes. Quero saber o que deu nesse juiz, para o promotor eleitoral considerar a acusação improcedente, por falta de provas, e ainda assim ele atropelar o Ministério Público e decidir pela cassação de Ivo”, questionou.

Osmar Baquit (PSD) afirmou que Ivo é um dos prefeitos “mais sérios” que ele conhece, um “exemplo” de homem público, e que a sentença “não é compatível com a história, com a realidade e com a verdade”.

Também disse que a acusação de compra de votos “não pega” porque “nem o adversário mais ferrenho dos Ferreira Gomes jamais fez uma acusação como essa contra nenhum deles”. A ação foi movida pela coligação do deputado federal Moses Rodrigues (PMDB), que ficou em segundo lugar na disputa pela Prefeitura de Sobral no ano passado.

Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.